domingo, 6 de julho de 2008

Pois, voltemos aos idos de 70.

Saudades...
Muitas...

Fiquei naquela parte em que o Sr. Padre Valente nos recebeu, à minha Mãe, M. João e Eu e lá nos acabámos de inscrever.

O que é certo é que havia Rapazes e seguiram-nos...
Achei divertido pois era algo a que eu não estava habituada porque em Portugal Continental insistiam que o género feminino e o género masculino estudassem em separado! Velha estupidez... ainda hoje me interrogo com o porquê disso??

Mas foi lindo!

A minha mãe seguiu para a Messe e eu e a João ficámos no recreio, ficando à espera que mais tarde nos viessem buscar o que aconteceu passada cerca de uma hora; ainda não havia aulas, mas O Sr. Padre Valente e as Irmãs deixavam que nós por alí andássemos, desde que sossegados e pelos menos em grupos de três... Conheci logo a Teresa Cruz de quem me tornei muito amiga e mais tarde iria estudar frequentemente para casa dela, portas com portas do Colégio! Ela também ia à messe para estudar comigo; muito mais tarde vim a saber que ela tinha ido para o Canadá e por lá ficou; nunca mais a vi... Tenho imensa pena disso...

Ora os "nossos" amigos rapazes não nos largavam; queriam saber novidades e apreciar as recém-chegadas moçoilas... Santa ingenuidade; pois naquele preciso momento houve logo um deles que me pediu namoro... e eu por acaso sabia o que era isso???? Se calhar nem ele sabia. Mas fiquei corada e muito envergonhada. Não respondi, falei muito com ele e fiquei a saber que naquele ano lectivo pertenceríamos à mesma Turma! Nunca mais vou esquecer os sapatos que ele trazia calçados... eram Lindos... Naquele momento parece-me que eu já via tudo lindo nele... Pequenota que eu era...

O ano lectivo começaria dentro de um mês e meio, mais coisa menos coisa!

Fiquei muito entusiasmada com tanta novidade e mais uma vez, repito, estava extasiada com a beleza do colégio e com a sua grandiosidade! Tinha uns jardins, na parte da frente muito bem cuidados com belos arbustos verdes e muita florinha cheias de côr...

No entanto, explicaram-nos que ali aprendia-se a estudar a valer e eu iria ter oportunidade de verificar isso!

Saudades...
Muitas...
- Leonor B.

Nenhum comentário: